Moreno

Uma angustia fere minh’alma
oh dor maior que o mundo
alojada neste peito
que ama o Vagabundo.

Porque não vais embora??
não faça do meu peito moradia.
Pequeno é meu peito,
enfraquece a cada dia.

Oh menino da pele morena.
Não sabes o quão homem és.
Nem olha a essa menina
Que deseja-te como mulher.

(Leila Piedad)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *